Vendas

Como aumentar as vendas do e-commerce utilizando o WhatsApp

Gabriel Aguiar
Escrito por Gabriel Aguiar em 3 de novembro de 2020
Como aumentar as vendas do e-commerce utilizando o WhatsApp
Junte-se a mais de 10.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Ter um e-commerce bem estruturado e que consiga crescer ao longo do tempo é muito importante, não só para marcas que estão exclusivamente no meio digital, mas também para varejistas, franquias e outras empresas que também possuem pontos de vendas físicos. 

Um recente caso foi o da Havan, que acabou desistindo do processo de IPO na Bolsa de Valores, pois, um dos principais questionamentos quanto ao valor de mercado pedido pela empresa foi sua deficiência na atuação e nas vendas online, pois, de uma maneira geral, ela está abaixo das expectativas para um setor que cresceu muito na pandemia e que tende a continuar em alta.

Dessa forma, para conseguir aumentar as vendas do e-commerce, é necessário construir uma operação eficiente. Para isso, um dos processos que está atualmente cada vez mais em alta é utilizar o WhatsApp como canal de vendas.

Existem alguns dados e pesquisas que corroboram com o uso do aplicativo, um deles é uma pesquisa que foi realizada pela consultoria Accenture em parceria com o Facebook, ela revelou que 83% dos brasileiros utilizam o WhatsApp em alguma parte da jornada de compras de produtos e serviços.

Portanto, se você quer saber como aumentar as vendas do e-commerce utilizando o WhatsApp e várias outras estratégias para atração e conversão de leads, esse texto foi feito para você, leia até o final!


Dicas para aumentar as vendas do e-commerce

Para aumentar as vendas do e-commerce, diversas estratégias podem ser utilizadas e todas elas dependem muito da sua margem, operação, produto, site, entre diversos outros fatores.

Contudo, existem uma série de boas práticas que estão sendo utilizadas de uma maneira geral nesse mercado, portanto, elas podem ser muito interessantes para você, confira as principais:

Utilizar Marketplaces

De acordo com a 42° edição do Webshoppers, que foi feito pela Nilsen/Ebit em parceria com a Elo, no primeiro semestre de 2020, as vendas nos marketplaces obtiveram um recorde, pois, representaram 78% das vendas on-line no Brasil. 

Portanto, esses dados ressaltam que cada vez mais, integrar o seu e-commerce com diversos marketplaces através de Hubs de integração ou até mesmo de sistemas de gestão, que são conhecidos como ERPs, é uma excelente opção para aumentar as vendas do e-commerce.

Mídia Paga

Sem dúvidas qualquer negócio que vende pela internet ou até mesmo que tem um site e redes sociais, possui uma grande capacidade de escalabilidade através da mídia paga, pois, com todas as segmentações, anúncios personalizados, entre outras diversas possibilidades que a mídia paga permite, você consegue enviar o anúncio certo para as pessoas certas, no momento em que elas estão buscando por um determinado assunto ou até quando elas não estão procurando, porém possuem interesse.

Dessa forma, se você já fez o mapeamento do seu perfil de clientes, o ideal é que você faça anúncios personalizados, pensando com “a cabeça” daquela pessoa em como ela reagiria ao visualizar ele. A partir disso, ao realizar diferentes testes, você poderá otimizar eles e fazer com que eles gerem cada vez mais leads e vendas.

Marketing de Conteúdo

O marketing de uma maneira geral é muito importante, pois, é através dele que você vai divulgar, atrair e fidelizar os seus clientes, dessa forma, ter uma estratégia de marketing de conteúdo para sempre enviar materiais personalizados com o objetivo de manter um alto engajamento com as pessoas que são seus potenciais compradores é muito importante.

Existem diversas estratégias para fazer isso e o ideal é que você consiga avaliar quais delas valem mais a pena, alguns delas são:

  • Newsletter;
  • Estratégia de SEO;
  • Vendas através das mídias sociais;
  • E-mail Marketing;
  • Qr Code.

Além dessas, existem outras ações que podem ser feitas, como:

  • Otimizar a experiência mobile do seu site;
  • Dar descontos e promoções para sua base de clientes;
  • Promover uma campanha de indicação.

Nada impede que elas sejam utilizadas de maneira conjunta, porém, o ideal é que você consiga manter uma constância nessa comunicação e identifique qual desses canais de vendas os clientes mais engajam e qual dá mais retorno, portanto, ter um plano de ação e definir metas para cada uma delas é extremamente importante.


WhatsApp para aumentar as vendas do e-commerce

O WhatsApp é um dos principais canais que você pode utilizar para aumentar as vendas do e-commerce, além da pesquisa citada acima, que indica que 83% das pessoas utilizam ele em algum momento da jornada de compras, segundo a pesquisa do Panorama Mobile Time/Opinion Box, ele chega a 99% dos celulares no Brasil. Portanto, é muito provável que a sua persona esteja nesse canal e utilize ele para comprar diversos produtos.

Por meio desse canal de vendas, você pode realizar todas as etapas do funil de vendas, desde a atração até o fechamento, o que deixa a comunicação mais direta, eficiente e faz com que você possa metrificar esses dados.

Para isso, vamos mostrar abaixo como o WhatsApp pode aumentar as vendas do seu e-commerce e como aplicar todas as etapas do funil de vendas através desse app, utilizando a Suiteshare, confira:

Etapa 1: Atração de leads pelo WhatsApp

Existem diversas formas para atrair clientes através do WhatsApp, as principais e que estão sendo mais utilizadas são:

Botão de WhatsApp no Site

O botão de WhatsApp no site facilita muito o contato e aumenta a conversão, contudo você deve entender se faz sentido ou não utilizar ele em todas as páginas do site. O ideal é que você use ele no mínimo na sua página de contato, na home do seu site e nas páginas dos seus produtos.

Apesar de ser apenas mais uma funcionalidade, por ela poder ser utilizada de maneira integrada com as estratégias de mídia paga e de marketing de conteúdo ela se torna muito poderosa, um exemplo é que a To Be Comunicação reduziu o custo por lead (cpl) de R$44 para R$4, apenas adicionando o botão de WhatsApp no site e integrando ele com outras estratégias e teve como resultado o aumento nas conversões e redução no CPL. Com isso, a empresa entendeu como atrair clientes pelo Whatsapp e conseguiu melhorar muito suas vendas.

Link personalizado do WhatsApp

Os links personalizados geralmente são utilizados por várias empresas, principalmente na bio do Instagram, do Facebook e das outras redes sociais. Ele é muito importante, pois, permite que o cliente através de dois cliques consiga falar com o vendedor ou atendente da sua empresa.

Porém, muitos ainda não aproveitam para utilizar esse link nos anúncios do Google e do Facebook, que permitem que ao lead clicar nele, ele seja redirecionado para aquele determinado WhatsApp. Para saber como fazer isso utilizando a Suiteshare, confira esse vídeo:

Cabe ainda ressaltar que o uso do link personalizado de WhatsApp com a Suiteshare permite que você consiga analisar diversos dados para otimizar cada vez mais seus anúncios e entender quais deles está atraindo mais clientes, ao longo do texto falaremos mais sobre isso.

Por fim, você pode utilizar estes links em campanhas de e-mail, caso você faça e-mail marketing, para estimular com que o lead consiga entrar em contato caso goste do conteúdo que enviou para ele e faça essa conversão de maneira mais rápida ao invés de preencher um formulário.

Grupos de WhatsApp

Utilizar os grupos de WhatsApp é outra estratégia que você pode fazer para ganhar mais escalabilidade e eficiência ao invés de fazer listas de transmissão com os seus contatos. 

Para isso, é ideal que você não adicione as pessoas neste grupo sem que elas permitam, ou seja, boas práticas são: divulgar ele através de um link e fazer com que sua oferta seja interessante o suficiente para que o lead clique e entre no grupo.

Além disso, você pode criar campanhas para estimular com que as pessoas que estão dentro do grupo convidem mais leads que se interessem por aquele determinado produto, fazendo ofertas de descontos, brindes, entre outras, de acordo com uma certa quantidade de pessoas que entram, no modelo de uma gamificação.

É importante ressaltar que ao criar um grupo, você deve sempre focar em enviar mensagens e conteúdos que agreguem valor para as pessoas que estão dentro dele, pois, se não fizer isso, essa ideia pode ser um fracasso.


teste 1.gif

Etapa 2: Aumentar a conversão no e-commerce

Depois de atrair os leads do seu e-commerce para o WhatsApp, é essencial que você consiga responder ele o mais rápido possível e que tenha uma boa comunicação com ele através desse aplicativo.

Para isso, você deve distribuir os contatos e organizar setores pelo WhatsApp para poder fazer com que o cliente tenha uma boa experiência de atendimento e de venda ao entrar em contato com você. 

Com a Suiteshare, você consegue ter várias formas de distribuir os clientes, para você isso você pode fazer com que os clientes escolham com quem/setor irão conversar (seletivo), definir se a central irá fazer um rodízio entre todos os seus atendentes (sequencial) ou se o cliente será encaminhado sempre para o atendente da loja mais próximo dele (geolocalizado).

Alinhando essa maneira de receber os leads que falam junto com a sua empresa e proporcionando um atendimento mais humanizado e personalizado, você consegue acelerar e otimizar a jornada de compras do cliente, oferecendo a ele uma ótima experiência com a sua empresa e, consequentemente, aumentando sua taxa de conversão e reduzindo o custo de aquisição de clientes (CAC).

Com tudo isso, você vai tornar mais eficiente toda a operação da sua empresa, desde o marketing até o setor de vendas, suporte e vários outros, impactando na jornada de compras e oferecendo a melhor experiência possível para o cliente.

Etapa 3: Fechamento

Após o cliente entrar em contato, não é comum que com apenas uma interação ele já compre o seu produto, geralmente ele vai passar mais tempo no seu funil de vendas e vão ser necessárias mais interações com sua empresa para ele definir que vai comprar de você.

Utilizar catálogos no WhatsApp Business e definir metodologias de vendas para que o seu time possa utilizar quando entra em contato com clientes é essencial para otimizar o fechamento e melhorar as taxas de conversão da sua empresa, tornando esse processo replicável e escalável e dando previsibilidade ao número de contratos fechados e a média de vendas da empresa.

Por isso, realizar ações que facilitem o fechamento de carrinho, para os casos de e-commerce é essencial. Uma delas pode ser o remarketing, pois, ele é extremamente válido principalmente para aqueles leads que colocaram um determinado produto no carrinho e abandonou o mesmo.  

Isso é muito importante, pois, de acordo com a Barilliance, a média global da taxa de abando dos carrinhos em 2020 é de 80%.

Para reforçar mais ainda a importância do remarketing e do marketing de conteúdo, de acordo com a pesquisa da Inbox Army, 75% das pessoas que abandonam ele tem a intenção de retornar para o site.

Nestes casos, existem diversas ações que podem ser feitas, uma delas é deixar o processo de compra mais rápido, otimizando esse processo, deixando de lado os formulários e fazendo integrações com plataformas que facilitem a compra e os meios de pagamento para os clientes.

Outra, é mandando e-mail marketing de lembrete ou com alguma oferta a mais para o cliente que abandonou o carrinho de um produto específico do seu e-commerce, para estimular com que ele finalize o processo de compras.

Além dos anúncios e do remarketing “já conhecido”, com a Suiteshare, você pode fazer remarketing para os leads que conversaram com você no WhatsApp. Isso permite com que você categorize eles de acordo com o estágio de compras que estão e faça anúncios personalizados para cada uma dessas etapas para conseguir atingir eles através de outras mídias.

Para conferir o passo a passo de como fazer isso, leia nosso texto sobre o que é remarketing e como fazer no Facebook, Instagram e WhatsApp.

Etapa 4: Análise

Se você não puder analisar todos os dados das ações que foram citadas ao longo do texto, você não vai conseguir melhorar e otimizar elas. Dessa forma, com a Suiteshare, você consegue analisar as vendas pelo WhatsApp. 

Para saber mais sobre isso, confira nosso texto sobre como metrificar as vendas pelo WhatsApp.

Se você quiser saber como vender mais pelo WhatsApp, com dicas práticas e com uma metodologia que foi desenvolvida de maneira interna pelo nosso time que possibilitou um crescimento de cerca de 22% ao mês no último ano vendendo apenas pelo WhatsApp, baixe gratuitamente nosso playbook de vendas dando um clique na imagem abaixo.

E aí,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Junte-se a mais de 10.000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade